Tom de Voz

Home / Tom de Voz

Marca não é o tapume que esconde a organização, mas o espelho que mostra quem ela é.

Jaime Troiano


Tom de Voz

Imagine que sua empresa quer ser vista como Jovem, Ousada e Inovadora em seu mercado. Mas logo no primeiro e-mail de contato seu cliente recebe a seguinte resposta:

“Prezado Cliente, Gostaríamos de lhe informar que já estaremos respondendo a vossa solicitação”

Não é preciso ser um expert para perceber que na primeira palavra, da primeira linha de texto de resposta deste e-mail, o posicionamento da sua empresa (Jovem, Ousada e Inovadora) foi jogado no lixo. Por mais absurdo que o exemplo acima possa parecer, todos os dias empresas desperdiçam parte dos seus esforços de comunicação em mensagens desalinhadas com o posicionamento da marca.

Quando definimos a linha de comunicação verbal de uma empresa, seu Tom de Voz, o objetivo é definir qual a tônica da comunicação verbal (em especial da redação) para que sua empresa possa, a todo momento, comunicar-se em seu mercado de forma alinhada com quem ela realmente é, e assim, fortalecer o seu posicionamento.

Aqui não existem regras. Não existe um certo ou errado definitivo para o Tom de Voz de uma marca no branding. O que existe é um sentido, que deve ser criado em cada interação. Gerenciar equipes para que sempre respondam no tom certo não é uma tarefa fácil, e demanda de esforços e treinamentos. Um manual de Tom de Voz da marca não é a solução de todos os problemas, mas é um começo.

O Tom de Voz pode ser utilizado para brifar e orientar, por exemplo, o trabalho de produção de conteúdo para o site ou a redação publicitaria dos anúncios da empresa. Em um segundo momento, o tom de voz pode ser usado para definir templates de resposta por e-mail e padrões de atendimento, mas tudo começa pelo manual de tom de voz.

Na Sebastiany Branding, desenvolvemos manuais de redação para empresas que precisam descobrir a sua verdadeira voz.